Literatura da Gamificação

Quando um escritor escreve um livro, sua maior intenção é que seus leitores se engajem com a história.

O objetivo dos leitores é ter distração, se divertir, adquirir cultura, conhecimento e escapar da realidade da vida através das leituras.

Porém existe outras formas de contar histórias senão por livros, os filmes, seriados, novelas, teatro e games, são alguns exemplos.

Tendo exemplo nos games, podemos ver a sincronismo que todo escritor deseja ao escrever uma história, pois cria um sincronismo entre a narrativa e publico.

Algumas pessoas podem discordar e afirmar que os games são histórias passivas, onde existe apenas a recepção das informações.

Porem, pesquisas apontam que os mesmos sentimentos que temos ao ler, refletem ao assistir um filme ou interagir com um game.

Sentimentos como empatia, suor, lagrimas, sorrisos, taquicardia, apreensão, são postas a tona ao nos envolvermos com as histórias, sejam elas, lidas, assistidas ou interagidas.

Quando nos envolvemos com uma história, às vezes não damos conta do que está acontecendo, ficamos surpreendidos com a descoberta de um assassino ao final de uma história, com o susto que levou numa cena de suspense.

Bem, voltando aos autores e seus desejos…

O que eles mais querem é fazer o publico interagir com suas histórias, no game o grau de iteratividade é muito mais elevado, sendo mais fácil esta participação do publico.

Você pode perceber que os games, exigem mais reflexos e situações de ação, do que usar a imaginação e a arte de raciocínio que as histórias nos trás.

Hoje em dia, uma multidão de jovens jogadores são atraídos pela leitura de livros, que descrevem a narrativa de seus jogos preferidos.

Sabemos também, que diversos filmes foram produzidos através de histórias de livros e, que existe também diversos games baseados em livros.

Os orçamentos para produção de games equivalem aos grandes filmes, onde os profissionais envolvidos estão cada vez melhores em seu nível artístico.

Haja visto alguns exemplos de games que viraram livros e filmes,  como: Assassin`s Creed, Tomb Rider, Mortal Combat, Resident Evil, entre outros.

Olhando para o futuro, não sabemos ainda se os games tomarão o espaço dos livros, mas certamente podemos afirmar que sempre haverá espaço para escritores atentos, para criar histórias e personagens envolventes que podem virar filmes e games de sucesso.

O importante é que as histórias, sempre estarão envolvidas com o público, sejam elas através de livros, filmes ou games.

E você, quer fazer parte dessa relação de escritores que dominarão este mercado?

Até breve
Helder Diorio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *