Conheça os 5 principais mitos sobre escrever livros

Todas as pessoas acreditam ter razão nas coisas que fazem, mas quando enfrentam uma realidade desconhecida, elas criam suposições e inventam mitos.

Isso acontece em todos os ramos da vida, e na escrita não poderia ser diferente, pois os mitos que rodeiam esta profissão, inibem muito a vontade de uma pessoa comum, de se tornar um escritor(a).

Conhecer estes mitos, evita que você fique bloqueado em seus textos e elimina toda preocupação no momento da escrita.

Portanto nas linhas abaixo, escrevi sobre os 5 principais mitos que rondam a escrita de livros, leia-os e fique blindado contra esses ladrões de sonhos.

Mito 1 – Para escrever é necessário ter talento.

Da mesma forma que ter um ótimo conhecimento em gramatica, o tornará um bom professor, não é garantia que você se tornará um bom escritor, nesse caso a experiência vale mais do que ter talento para escrever.

Mas não podemos ignorar o fato de algumas pessoas possuem mais facilidades em determinados assuntos do que outras, mas a prática e a experiência citada anteriormente, supera a falta de talento.

Até os maiores escritores(as) que conhecemos, em certos momentos de sua carreira, já perceberam a diferença entre os primeiros textos que escreveram e seus textos atuais. E não para por aí, daqui alguns anos perceberão novamente essa diferença.

Note que o talento, não é primordial para realizar a escrita de seu livro, o que faz a diferença para conseguir escrever e finalizar a escrita é, o quanto de esforço e determinação que você emprega nessa tarefa.

Escrever, assim como qualquer outra tarefa que você começa do zero não é fácil, mas a dedicação aplicada, pode fazer qualquer pessoa se tornar um escritor(a).

Mito 2 – Tempo não é problema para o escritor.

A percepção do tempo é o mesmo para qualquer pessoa no mundo, a diferença entre realizar as coisas ou não, é o que cada um faz com ele durante as 24 horas.

Um dos mitos mais comuns quando alguém olha para um escritor é dizer; “Ele tem tempo de sobra para isso”, porém se você já escreveu ou pretende iniciar a escrita perceberá que não é bem assim.

Ao dizer que para escrever é necessário ter tempo livre da correria do dia a dia, não passa de uma desculpa, para quem não consegue determinar um período dentro das 24 horas, para planejar a escrita.

Podemos planejar o tempo pelas prioridades que fazemos durante o dia, assim conseguiremos reconhecer quais são os “Ladrões de tempo” que identificamos durante este período, como as coisas supérfluas que fazemos ou a procrastinação que teima em nos atacar.

A verdade, é que para se tornar um escritor(a), será necessário planejar um tempo disponível diariamente para escrever isso vale para iniciantes ou já profissionais do assunto.

Mito 3 – Sem inspiração não há escrita.

Este deve ser o maior mito de todos, talvez por causa dos aspirantes a escritor(a) que imaginam que a inspiração seja o principal “Dom” para escrever os textos.

Eles pensam desta forma, talvez por nunca terem concluído a escrita de um livro e passado pela experiência de realizar pesquisas, criar personagens e uma trama interessante, que prenda a atenção dos leitores.

O que vale mesmo é a disciplina que o escritor(a) aplica no seu dia a dia, desta forma a inspiração fica em segundo plano, como um benefício a mais no momento de escrever, e caso a inspiração não apareça, não prejudica a escrita.

Conforme já foi dito, não adianta nada esperar pela inspiração, disponibilizar tempo para escrever, e adquirir experiência, se você não praticar a escrita.  Assim como qualquer outra coisa que você se propõe a fazer, tudo requer pratica e dedicação, e para escrever não é diferente.

Se o escritor ficar esperando a tal inspiração chegar para começar a escrever, é mais provável que ele espere por um período muito longo, e se ela vier a técnica de escrita será fraca e sem algo interessante para apresentar aos leitores.

Se você pesquisar pela rotina dos grandes escritores, perceberá que mesmo com todo sucesso eles estabelecem um planejamento de trabalho rígido e, se dedicam diariamente a escrita, com ou sem a tal inspiração.

Mito 4 – Só existe um método para escrever bem.

Esse mito, foi criado por escritores que inventam um método ou utilizam uma técnica de escrita e ao perceberem que ela funcionou com eles, deve funcionar com qualquer outra pessoa.

Cada pessoa possui uma característica diferente, portanto a técnica que serve para um indivíduo pode não funcionar para outro, se adaptar a ela pode ser mais complexo do que se pensa, pois não existe uma técnica a prova de falhas.

Isso não significa que você deve ignorar estas técnicas, longe disso.  Você precisa conhecer cada uma delas e determinar qual técnica mais se adequam a sua performance.

Não existe outra alternativa além de escrever seus textos, utilizando as diversas técnicas existentes.  Escreva diariamente e não se desencoraje, nem se iluda com mitos pois somente você conhece sua relação com a escrita.

Neste artigo você obtém maiores informações sobre como melhorar sua escrita.

Mito 5 – Gramatica é essencial para ser escritor(a).

Conhecer gramatica, significa que você é apenas um bom conhecedor de gramática, nada mais que isso.

Se seu intuito é além de ser um escritor(a) é ser um revisor(a), aí sim é importante obter o pleno conhecimento da gramatica e outras técnicas.  Fora isso o conhecimento da gramatica poderá ajudar apenas para escrever em norma culta.

Pois quando você concluir a escrita do seu livro, ele deverá passar pela análise de um revisor profissional, que corrigirá e indicará palavras ou frases que melhor se encaixem ao texto.

Entenda, que nada substitui a experiência de escrever, e essa experiência só será adquirida quando você montar um planejamento, disponibilizar diariamente um tempo para escrita, entender que não há necessidade de ter uma inspiração e, identificar a melhor técnica que adeque ao seu ritmo.

Por isso, leia muitos livros e escreva diariamente, somente com esta prática você conseguirá chegar próximo a perfeição, que agradará aos seus leitores.

Até breve
Helder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *