Comece Escrevendo Contos

Muitos escritores, principalmente aqueles que desejam escrever o primeiro um livro, ficam com dúvidas de como iniciar a escrita, com receio de sua história não agradar aos leitores, ou ainda, com dúvidas se conseguirá concluir a história.

Ao pensar na escrita de um romance alguns iniciantes se assustam só de pensar, na tarefa trabalhosa que terá pela frente, ficam intimidados e, acabam desistindo.

Para você tem pensa desta forma, ou para você que pretende escrever um livro, mas gostaria de começar com uma forma mais rápida, a solução é começar escrevendo contos.

Escrever contos não é menos valioso que escrever um romance, todas estas formas de escrita necessitam de empenho e criatividade.

Por serem histórias rápidas, algumas descrições de detalhes devem ser evitados, o importante nos contos é transmitir ao leitor, subsídios básicos para que ele perceba como a história está se desenrolando.

Os contos podem contar, com a ação do mesmo personagem em todas as histórias, ou contos com personagens diferentes, isso irá depender do modelo da historia que pretende escrever.

Abaixo, escrevi algumas dicas que podem auxiliar na escrita de seus contos.

1 – Ter a ideia

O ingrediente básico de qualquer historia é, ter uma ideia em mente.

Desde um livro com quinhentas páginas até uma história em quadrinhos, o componente principal é ter a ideia do que você ira contar.

Por isso, concentre-se na ideia e na criatividade antes de iniciar qualquer trabalho de escrita.

Uma boa dica para quem necessita de ideias, para sua história e para seus personagens é, praticar o exercício de inspirar-se em pessoas reais.

Comece a observar os hábitos das pessoas que estão ao seu redor, perceba quem é a pessoa que fala muito alto, que é muito explosivo, quem só conversa sobre um assunto toda vez que você a encontra, etc.

Todas estas referencias, servirão para construção de seus personagens, ou a mistura dessas várias características que você observou.

Neste artigo, escrevi dicas sobre como conseguir ter ideias para inspirar na escrita de suas histórias.

2 – Criar personagens

Os personagens são seus atores dentro da sua historia e, você como o diretor desta historia, precisa dar subsídios para que eles cresçam e ganhem carisma dos leitores.

A criação de personagens nem sempre é fácil, mas com as ideias que você obteve através de suas observações sobre algumas pessoas, fica mais simples a elaboração.

O que você precisa fazer é, adequar seus personagens a historia que você esta escrevendo, saber encaixa-los na trama que você esta criando.

Para ficar mais fácil a visualização de cada um dos personagens, crie uma ficha do personagem, com todas as características de cada um deles.

Inclua nessa lista de personagem, todas as observações que você lembrar, defina, por exemplo, se o personagem possui sotaque, quais são suas motivações, os alimentos preferidos, o estilo musical, sua cor preferida, se tem medo de altura, etc.

Você não precisará usar tudo isso na montagem da sua historia, mas um personagem bem definido pode fornecer mais recursos no momento da escrita.

Uma das coisas que você precisa se atentar é, que os personagens não são seres perfeitos, pois eles são baseados em pessoas comuns, por isso acrescente defeitos, assim como existe em qualquer pessoa.

Pode ser alguma insegurança, alguma falha na memória, uma característica bipolar, ou até mesmo uma ansiedade fora dor normal.

Desta forma, ao montar sua trama, você conseguira visualizar onde cada personagem pode se encaixar mais adequadamente em sua historia.

3 – Monte uma estrutura

Ao inicio de qualquer projeto, seja ele realizar uma viagem, a elaboração de um relatório numa planilha, ou até mesmo para realizar uma compra, necessita de um planejamento.

Para escrever é a mesma coisa, pois necessita de alguns elementos básicos como, a introdução, o clímax, a ação decrescente e a resolução.

Existe uma estrutura muito utilizada nos livros e filmes, que é chamada de, a jornada do herói, de Joseph Campbell, nela é descrita os passos que você deve seguir para manter sua historia no rumo certo até o final.

Neste artigo, eu escrevi mais sobre este assunto.

O planejamento deve ser feito com a pretensão de adequar suas necessidades e vontades, nele você precisa saber quando ira iniciar a escritas, quais os dias e quantas horas estará disponível para a finalidade da escrita.

Neste artigo, eu descrevo mais detalhes de ferramentas que auxiliam o planejamento.

4 – Defina o P.O.V.

O P.O.V. é o ponto de vista (Point Of View) que sua historia deve ser contada.

Neste caso, existe o ponto de vista de primeira pessoa (eu), que é contada pelo personagem.

Neste modelo, só pode ser apresentado os fatos que foram vistos ou foram contados ao personagem.

O ponto de vista da segunda pessoa (você), o leitor torna-se o personagem principal.

E no ponto de vista da terceira pessoa (ele), um narrador exterior conta a história.

O principal ao definir qual o ponto de vista você aplicara em sua história, é saber qual modelo você e sua historia ira se adequar melhor.

Um P.O.V. bem definido pode apresentar aos leitores, maior interesse pela leitura e consequentemente, um trabalho mais valorizado e reconhecido.

Por isso, defina bem qual modelo de ponto de vista seu conto deve apresentar aos leitores.

5 – Chame a atenção

A primeira frase de qualquer escrita deve prender a atenção dos leitores, deixando-os com vontade de sempre querer saber mais detalhes da história.

Nos contos, começar rápido é essencial, pois como se tratam de histórias mais curtas, você precisa montar uma introdução rápida e objetiva, assim como a apresentação dos personagens e os diálogos.

Por isso você deve ir direto ao enredo, revelando os detalhes de personagens, lugares e acontecimentos da historia aos poucos.

Neste artigo eu escrevi algumas dicas de Como fazer os leitores “devorarem” seu livro.

6 – Observe a escrita

Para escrever bons contos, leia alguns contos de bons escritores.

O melhor aprendizado para sua escrita é, identificar o estilo que o autor aplicou em suas histórias.

Isso ajudará você, a desenvolver sua habilidade de escrever em diferentes estilos, para cada historia nova que criar.

Identifique como esses escritores desenvolvem os diálogos dos personagens, como eles estruturam o enredo e conseguem fazer isso em poucas páginas.

 

Bem meu amigo (a) escritor (a).

Se o seu receio de iniciar a escrita de seu livro era de não conseguir termina-lo, pelo que vimos os contos é uma boa solução.

Quem sabe o conjunto destas histórias não pode se tornar um grande livro no futuro, só irá depender de sua ação.

Boa sorte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *