7 Dicas para quem deseja escrever

Eu demorei para aceitar que precisava pensar como um escritor, para reconhecer que podia me tornar um.

Depois da mudança de pensamento, consegui escrever publicar meu livro (A Ordem Malsim), estou em vias de publicar meu segundo livro.

Existem muitas pessoas que tem receio ou vergonha de escrever.

Por medo de críticas, ou que não se considera suficientemente bom para escrever algo.

Muita gente tem vontade de escrever, mas não se arrisca.

Vejo gente que escreve muito bem, mas guarda somente para si, não divide suas ideias com o mundo.

Por esses e outros motivos, decidi escrever algumas dicas para te ajudar a escrever.

1  Por que escrever.

Às vezes você pode se perguntar, por que escrever?

Quem irá se importar com o que escrevo?

Se você estiver pensando desta forma, entenda que a principal resposta para essa pergunta é.

Escrevo para mim mesmo, pois o único que realmente se importa com que você escreve é você mesmo.

Não escreva para agradar os outros, ou para obter mais visualizações em sua página.

Entenda que escrever faz parte de sua liberdade de expressão.

Este é seu momento para criar os personagens e suas características, a trama e os diálogos.

Se tudo isso foi importante para você, é o que basta.

Neste artigo, eu explico por que alguns escritores abandonam a escrita de um livro.

2- Não é necessário ser um especialista.

Muitas pessoas travam na hora de escrever, por pensar que para executar esta tarefa é, necessário ser formado em letras ou especialista em redação.

Entenda que você não está fazendo nenhuma prova para passar em concurso público.

Se você também pensa dessa forma, tenha em mente que seu papel como escritor (a) é para expressar suas ideias.

Saiba que ao escrever, irão surgir situações de dúvidas, textos sem lógica e argumento sem fundamento, tudo isso faz parte do processo de escrita, mas tudo isso pode ser corrigido e complementado em segundo momento.

O principal é se libertar das objeções e escrever, pois, se não há nenhum texto escrito, não há como melhora-lo.

Apenas escreva.

Quando comecei a escrever, eu pensava que era necessário ter autoridade para poder escrever.

Mas logo vi que isso não importa, o que vale é a autoridade que tenho sobre meus textos.

Ninguém sabe mais sobre eles que eu mesmo.

3- E as críticas?

Ao expor suas ideias, haverá pessoas que não concordam com o que está escrito.

Haverá críticas, isso é inevitável.

Mas o fato é, quanto mais rápido você conseguir lidar com isso, mais você estará caminhando em direção a sua própria evolução.

Porém, quando você escrever sobre o que acredita, você verá como é satisfatório escrever sem se preocupar com o que os outros irão pensar, ou se darão palpites sobre seus textos.

As pessoas irão te conhecer seu estilo e darão mais valor ao seu trabalho.

Muitos escritores (a) ficam apegados a críticas e isso se torna prejudicial.

4- Escreva do seu jeito.

O melhor estilo que existe é o seu.

Nunca tente copiar o estilo de seu escritor preferido, pois nunca ficará igual, mas se por caso se aproximar, você corre o risco de ter seu estilo comparado e receberá mais críticas.

Escreva do seu jeito, da mesma forma como você fala.

Encontrar seu estilo pode ser difícil, e você nem sabe qual seja.

Neste caso, o melhor a fazer é testar, escrever buscando sempre seguir uma linha que você mais gosta.

Treinando desta forma, você identificará que a escrita vai se ornando mais fácil e seu estilo irá surgir.

5- Seja um canal.

Compartilhe seus textos com outras pessoas e com o mundo.

Se torne conhecido no meio literário.

Participe de eventos e dê suas opiniões.

Seja um veículo que orienta as pessoas através de seus conhecimentos.

Esse canal por exemplo, é o meio que encontrei para expor minhas ideias e, ajudar as pessoas que desejam escrever um livro e não tem ideia por onde começar.

Encontre um canal que você se adeque melhor e exponha suas ideias.

6- Crie o hábito da escrita.

Todos queremos escrever um texto perfeito, que todo mundo goste.

Porém, este é o maior erro que alguns escritores comentem.

Pois é impossível escrever um texto que agrade a todos.

Para agradar a maioria das pessoas, você pode criar uma rotina de escrita, reservando um tempo diário para essa finalidade.

Com essa rotina, você aprimora seu estilo de escrita e consegue produzir mais textos de qualidade para seu livro.

Utilize este hábito para destravar sua imaginação, evitando assim a temida expressão “deu branco”.

7- Tenha empatia, seja um influenciador

Normalmente, as pessoas se conectam quando compartilham da mesma dor ou desejo.

Um exemplo, é quando alguém está na fila de um banco esperando para ser atendido e uma pessoa da fila começa a reclamar da demora, logo outras pessoas começam a concordar e identificar da mesma dor.

Várias pessoas, possuem os mesmos desejos e as vezes nos sentimos empatia com estas pessoas.

Você pode nem imaginar, mas suas dores e seus desejos podem ser as mesmas de outras pessoas.

Para se tornar um influenciador, o mundo precisa conhecer suas ideias.

Suas histórias podem mudar e influenciar a vida de várias pessoas, através dos personagens, ações e ocorrências da história que você escrever.

 

Estas foram algumas dicas, que você pode te ajudar na decisão de escrever.

Retirar este misticismo e pensamento que impede de expor suas ideias.

Escreva mais e compartilhe suas ideias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *