Como criar um personagem marcante

O processo de escrever um livro, exige do escritor realizar vários passos a partir de sua ideia central, entre eles normalmente é preciso, definir que tipo de estrutura utilizar, elaborar uma trama eficiente, conhecer o público que pretende atingir, desenvolver personagens, entre outros pontos importantes.

Como criar um personagem marcante

Porém, para que tudo isso tenha sucesso, é preciso trazer ao leitor um personagem marcante, que prenda atenção e gere ansiedade pela leitura, deixando os leitores com vontade de conhecer mais sobre as características, aparências físicas e qual será o papel do personagem na trama.

Para isso é necessário apresentar alguns elementos básicos, a partir daí você acrescenta sua “pitada pessoal”, que irá depender do que trata a história que deseja transmitir.

Uma das decisões é, diferenciar os personagens criando suas características pessoais, afinal, assim como as pessoas, os personagens também devem ser diferentes, não somente em suas características físicas, mas também em sua personalidade e tomada de decisão.

Entre alguns elementos que são importantes na montagem do personagem, destaquei 3 deles que farão seus personagens ficarem mais envolventes com o público.

Neste artigo você encontra mais informações sobre como criar personagens.

Característica Física

Apresentar um personagem a partir de sua característica física é a forma mais comum de transmitir o primeiro aspecto da visão ao público.

Como criar um personagem marcante

Você encontra este tipo de abordagem em todas as histórias, onde o autor transmite ao leitor que tal personagem é alto, magro, com cabelos pretos, curtos, lisos ou crespos etc…

A partir destas informações o leitor percebe a imagem que o autor pretende passar sobre tal personagem e com isso poder diferenciar dos demais, na história.

 

O importante neste momento é aplicar características marcantes nos personagens, fixando-os na memória do leitor.

Procure identificar um personagem de sua história que você deseja destaque, além de somente limitar-se a informar sua altura ou peso, identifique-o com uma “identidade própria”, como por exemplo: Uma cicatriz forte no rosto do personagem, uma dificuldade de locomoção, ou mesmo uma careca proeminente.

Atente-se que você pode explorar muito mais as características físicas se apresentar algum defeito genético ou físico, como o uso de cadeiras de rodas, ou perna mecânica.

Ao montar a característica física de um personagem, procure pesquisar por algum componente original que dê destaque ao seu personagem.

Um bom exemplo disso é o seriado Dr. House onde o personagem principal é o Dr. Gregory House, interpretado pelo ator Hugh Laurie.

Neste caso, a característica física do personagem baseia-se na utilização de uma bengala, que o acompanha devido à cirurgia má sucedida em sua perna direita.

Esta é uma característica que pode ser explorada e será o destaque marcante do personagem, neste caso do exemplo, sempre que for mencionado o nome Dr. House, você lembrará do doutor que utiliza uma bengala.

Relacionamento e Personalidade

Outro ponto que pode ser explorado é adicionar ao personagem características de personalidades, que podem ser fortes ou amenas, dependendo do que você pretende transmitir ao leitor e do que sua história exige.
Como criar um personagem marcanteApresentar aos leitores, como o personagem destaque se relaciona com outras pessoas, faz com que eles se identifiquem com tal personagem, criando mais empatia e interesse em prosseguir com a leitura e se envolver na história.

Utilizando o exemplo acima do Dr. House, os relacionamentos deste personagem são conturbadores devido ao seu constante mau humor e por seu comportamento anti social, com lances de sarcasmo.

 

Outra característica que podemos usar como exemplo é que o Dr. House está sempre ingerindo um medicamento que controla as constantes dores que sente na perna operada.

Inserindo elementos comuns ao personagem, conseguimos destacá-lo com mais facilidade, quando descrevemos suas características.

Por exemplo; quando falamos de Sherlock Holmes, logo vem à mente seu típico chapéu de caçador e o cachimbo peculiar, estes elementos já estão marcados na imagem que formamos deste personagem.

Do mesmo modo quando falamos de Harry Potter, logo nossa mente desenha o menino de cabelos curtos com seus óculos de armação redonda.

Portanto criar personagens com algumas característica marcante formará na cabeça do leitor a imagem que você deseja transmitir e criar interesse.

Fazer Escolhas

As escolhas que o personagem fará por essa ou por aquela ação dentro da história, reforçará sua personalidade, dando mais um argumento para marcá-lo na mente do leitor.

Como criar um personagem marcante

Cada escolha feita pelo personagem pode levar sua história a seguir por um caminho diferente, e talvez, até não seja aquilo que você havia imaginado.

Para evitar que a história fuja do seu roteiro original, você precisa adequar todas as características físicas, de relacionamento e personalidade do personagem, ao contexto da história.

No exemplo do Dr. House, seu mau humor e o completo desinteresse pelos pacientes, deveria causar afastamento dos leitores por seu temperamento, mas as decisões e escolhas que este personagem faz, acaba encobrindo todo efeito negativo que ele transmite.

Portanto, desenvolva escolhas que interfiram diretamente no rumo de sua história, desta forma você consegue aplicar traços marcantes ao seu personagem.


Resumo

A intenção é aplicar características marcantes ao personagem, dando ao leitor a possibilidade de identificar e gravar a imagem mental para acompanhar o desfecho de sua história.

Descrever o personagem com alguma cicatriz ou uma tatuagem visível, pode remeter uma empatia com o leitor.

Aplicar uma característica de personalidade forte ao personagem, como um constante mau humor, pode gerar mais interesse para descobrir o que este personagem consegue com suas atitudes na história que você está contando

Crie situações onde seu personagem necessite fazer escolhas, mas atente-se em traçar o rumo adequado e o efeito de tal escolha dentro da história.

Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas.

Até breve

Helder Diorio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *